Você está aqui

Cinco pessoas libertadas em condições análogas à de escravo

Alojamentos sem as mínimas condições de saúde e higiene e a falta de registro dos contratos de trabalho foram algumas das irregularidades comprovadas no local. Em razão da precariedade do alojamento, os trabalhadores foram retirados do local pela Polícia Rodoviária Federal retornando a suas residências no município de Itambé. A PRF também prendeu em flagrante o dono da fazenda, que foi conduzido à Superintendência da Polícia Federal em Vitória da Conquista. A força-tarefa de combate ao trabalho escravo contou com a participação de representantes do Ministério Público do Trabalho (MPT),…

Leia Mais

Peruanos são resgatados em oficina de costura em SP

O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Mogi das Cruzes (SP) participou de operação que resgatou 10 peruanos em condições análogas às de escravo no município de Itaquaquecetuba (SP). O flagrante foi feito na segunda-feira (21), em uma oficina de costura na região. Suspeita-se que também havia crianças no local. Os imigrantes moravam no estabelecimento e eram proibidos de sair a rua. O dono da oficina também era peruano e está foragido. Os estrangeiros recebiam cerca de R$ 10 por semana e trabalhavam 16 horas por dia (das 7h às…

Leia Mais

Trabalhadores são resgatados em obra do Minha Casa, Minha Vida

O Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro (MPT-RJ) e o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) resgataram três trabalhadores em condições análogas às de escravo em obra do programa Minha Casa, Minha Vida na cidade de Duque de Caxias (RJ). As vítimas trabalhavam para a empresa FRC, terceirizada de forma irregular pela Cury Construtora e Incorporadora, concessionária responsável pela construção. A força-tarefa ocorreu no dia 31 de agosto. Os operários, que saíram do Maranhão para trabalhar na obra, estavam há dois meses sem receber salários e tiveram suas…

Leia Mais

Multinacional paga R$ 5 mi por jornadas de até 23 horas

A Phelps Dodge Internacional do Brasil que já coleciona números expressivos na exploração de trabalhadores, em Poços de Caldas, onde emprega 551 pessoas, acaba de ser condenada em R$ 5 milhões por exigir jornada de trabalho de até 23 horas. A ação civil pública movida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), é farta na descrição dos números da exploração apurados em autos de fiscalização do trabalho: “(…) mais de 680 exemplos de empregados que cumpriram jornadas que chegam a superar 14 horas contínuas; (…) mais de 600 exemplos de intervalos interjornada…

Leia Mais

Dona da Seara indenizará terceirizados vítimas de trabalho escravo

A JBS Foods deverá indenizar em R$ 5 mil cada um dos 12 terceirizados encontrados em condições análogas às de escravo em Forquilhinha (SC), em ação conjunta do Ministério Público do Trabalho e do Ministério do Trabalho e Emprego na terça-feira (24). O grupo de nove homens, duas mulheres e uma criança de 3 anos, alojados em uma mina desativada e trabalhavam apanhando aves para um agricultor que cuidava dos animais da JBS. Eles haviam sido contratados com promessa de carteira assinada, aluguel e salários de R$ 1,4 mil. Além…

Leia Mais

Fiscais encontram trabalho análogo a de escravo na produção da Renner

Fiscais do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) encontraram trabalhadores em condições análogas a de escravos em uma oficina da linha de produção de roupas das Lojas Renner. Foram resgatados 37 trabalhadores bolivianos em condições sub-humanas na oficina localizada na zona norte de São Paulo. As Lojas Renner receberam 30 autuações no valor aproximado de R$ 2 milhões. Segundo o MTE, foram verificadas condições degradantes de alojamento, jornada de trabalho exaustiva de 16 horas, retenção e descontos indevidos de salários, servidão por dívida, utilização de violência psicológica, verbal e física,…

Leia Mais